O que são vidros resistentes ao fogo?




A tecnologia está em todo lugar. Inclusive no vidro. Se antigamente entendíamos o vidro como um material frágil contra o fogo, esse conceito já caiu por terra. A indústria vidreira investiu pesado em tecnologia nos últimos anos e atualmente oferece, dentre inúmeros tipos de vidro, aquele que também funciona como uma barreira segura contra incêndios.

Os vidros resistentes ao fogo podem ser encontrados no mercado a partir de três classificações: para-chamas ou antichamas, para-chamas redutor de radiação térmica e corta-fogo. Cada um deles é especificado para tipos diferentes de aplicação.

Vidro Para-chamas ou Antichamas

Este tipo de vidro interrompe a propagação das chamas impedindo a passagem de fumaça e gases tóxicos decorrentes da queima de materiais e objetos no ambiente. Porém, ele não impede a radiação do calor e por isso seu uso é restrito a locais em que não há fluxo de pessoas e próximo a materiais combustíveis. Apesar disso, a peça não se quebra quando exposta a elevados níveis de temperatura. Ele mantém sua integridade em até 120 minutos.

Vidro Para-chamas Redutor de Radiação Térmica

Este vidro impede a progressão das chamas, fumaças e gases tóxicos, e ainda reduz a radiação de calor no lado protegido, garantindo uma temperatura confortável ao ser humano e impedindo a ignição de materiais combustíveis a uma distância de 1,5 metros.

Vidro Corta-fogo

O vidro corta-fogo, além de cumprir todas as funções de um vidro antichamas, por exemplo, ele ainda impede quase que completamente a passagem de temperatura, funcionando como uma barreira segura que absorve o calor e impede a sua propagação. No caso de evacuação, é possível até encostar no vidro que as pessoas não correrão o risco de se queimar. Em sua composição, é utilizada uma camada protetora transparente com propriedades intumescentes que forma um escudo antitérmico quando a temperatura do ambiente passar dos 100ºC. Quanto mais camadas incluir, mais tempo de resistência o vidro terá.

Os vidros resistentes ao fogo podem ser usados em qualquer projeto que necessite de compartimentação para efeito de incêndio. Sua transparência confere efeitos visuais e ampla iluminação, e ainda protege o ambiente de possíveis acidentes com chamas.

Mas para o uso correto desses tipos de vidro, é necessário buscar a consultoria de uma empresa especializada, que saiba especificar o material dentro das normas exigidas pelo Corpo de Bombeiros. A Vidrosistemas é uma dessas empresas. Entre em contato e descubra como podemos ajudar no seu projeto.

Conheça alguns dos projetos executados pela Vidrosistemas que utilizam vidro corta-fogo.

Saiba mais sobre os vidros corta-fogo

Mais vistos